MUSICA
Domingo, 17 de Maio de 2009
JARDIM DA VIDA

A vida humana pode ser comparada a uma rosa no jardim do mundo. O bebe é o botão que desabrocha, delicadamente.
 
Na medida em que vai se abrindo, vai descobrindo e se extasiando com o rocio do orvalho na madrugada de luz, o brilho do cristal ao toque do sol nas primeiras horas da manhã, o calor do astro rei na tarde quente.
 
Quanto mais se abre para a vida, mais descobertas realiza. Corajosa, a criança não lê obstáculos nas linhas da vida.
 
Tudo ela tenta, experimenta, apalpa e sente. Confiante, ela estende os braços a quem lhe oferece o colo.
 
Perseverante, ela insiste nas tentativas sem se considerar derrotada pela latinha que não abre, o brinquedo que não roda, o boneco que teima em não ficar de pé.
 
Nenhum obstáculo a detém: uma escadaria que parece não ter fim, uma porta fechada, um portão trancado.
 
Estranhamente, à proporção que cresce, parece se esquecer desse seu lado brilhante.
 
Nos primeiros anos escolares, pode se mostrar fechada às novidades e até apresentar baixo aproveitamento escolar.
 
Mais tarde, já madura, exactamente como o botão totalmente aberto, os bloqueios se fazem maiores. Os percalços são considerados intransponíveis.
 
Enquanto envelhece gradativamente, mais entraves se coloca: minha memória não é boa. Esqueço tudo. Estou ficando velho.
 
Deixa de cogitar de aprender algo novo. Exactamente no período em que, de um modo geral, passa a ter um tanto mais de tempo livre.
 
A aposentadoria chegou, os filhos se casam, as obrigações decrescem em número. Tudo o que se pensa em ter durante os anos da juventude, da madureza, agora se encontra à disposição: mais tempo.
 
No entanto, esse tempo é gasto em ociosidade. E se há algo que realmente faz a pessoa envelhecer é a ociosidade, a inactividade, o não fazer nada.
 
Enquanto a rosa no jardim vai perdendo o viçoso, murchando, e desfolhando, o homem se permite também em desaparecer.
 
Mas tudo pode ser diferente. Nunca é tarde para aprender. Envelhecimento nada tem a ver com perda de memória.
 
A não ser que a pessoa seja portadora de alguma enfermidade, que prejudique as funções mentais, as intelectuais, sempre é tempo de aprender.
 
Absorver sabedoria dos livros, aprender a tocar um instrumento, aprender novos idiomas, etc. Tudo aquilo que não se teve tempo ou possibilidade de fazer antes, eis uma oportunidade maravilhosa.
 
Oscar Niemeyer, conhecido arquitecto brasileiro, quando alguém lhe perguntou certa vez sobre o que acharia da velhice, afirmou: "não vejo problema algum com a minha idade. Nasci em 1907. Desde cedo dediquei-me a ver a poesia que vibra nas curvas das imagens, e não apenas nas linhas rectas e tensas.
 
Prossegui com afinco e dedicação, em busca de meu crescimento e hoje, com mais de 90 anos, posso afirmar que sou uma pessoa feliz.
 
Ajudei as pessoas o quanto pude e aprendi a contemplar a natureza, de modo que todas essas coisas somadas, e muitas outras mais, me trazem a convicção da serenidade."
 
Um conhecido locutor da televisão afirmou recentemente, aos 70 anos de idade: "tenho um projecto ainda a realizar antes de morrer. Esse projecto deverá levar 14 anos para a sua concretização. É um projecto ousado, em que estarei utilizando a minha voz, que hoje se encontra mais encorpada, mais sonora do que jamais o foi. Eu espero que o bom Pai não me leve antes. Eu desejo concluir esse projecto antes de partir."
 
Isto é velhice abençoada. Isto é não murchar, embora o tempo já tenha desenhado seu mapa nas faces de quem ainda sabe sorrir para a vida, a cada amanhecer.
 
Sabia que foi aos 66 anos que Miguel Ângelo concluiu o fresco "O Juízo Final", na capela Sistina, em Roma?
 
E que aos 77 anos o astronauta John Glenn voltou ao espaço, para mais uma viagem?
 
E sabia que envelhecer com dignidade é ter sempre em mente um projecto de vida para o dia que ainda não nasceu?

 



Semeado por saozinhasimoes às 16:47
link do post | Deixe uma semente | favorito

VIDEO
TRADUÇÃO
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


GEOCLOCK

localizar
Sementes já semeadas

Julho 2012

Fevereiro 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

contador

Contador Grátis
SEMENTES DA AMIZADE
TRADUÇÃO